Posts Tagged With: Casa Branca do Engenho Velho

RELIGIÃO – ÁRVORES SAGRADAS RESISTEM À DESTRUIÇÃO

RELATO HISTÓRICO PRIMOROSO. VALE MUITO A PENA LER! RELIGIÃO – ÁRVORES SAGRADAS RESISTEM À DESTRUIÇÃO A Tarde , quarta-feira, 31 de janeiro de 1979 Texto de Reynivaldo Brito Fotos Louriel Barbosa   Arredios ao comportamento místico do povo baiano, engenheiros e arquitetos responsáveis pela abertura de avenidas nos vales de Salvador estão destruindo um patrimônio … Continue reading »

Categories: Árvores sagradas, Candomblé, Conhecimento ancestral, Jeje, Ketu, Meio Ambiente, Sustentabilidade | Tags: , , , , , , | Leave a comment

É A RAIZ QUE SEGURA O TRONCO… IYÁ NITINHA DE OXUM

  Areonithe da Conceição Chagas, Ìyá Nitinha de Òṣun, nasceu no dia 12 de setembro de 1928, em Santo amaro de Ipitanga, na Bahia. Filha de Izidora com um espanhol foi criada por Maria da Natividade Pereira, mais conhecida como “Cotinha”, Ògúnjobì, filha de santo da Casa Branca, mais precisamente do terceiro barco de Ìyá … Continue reading »

Categories: Candomblé, Conhecimento ancestral, Ketu | Tags: , , , , | Leave a comment

CONHECER A HISTÓRIA, PRESERVAR A TRADIÇÃO..

Areonithe da Conceição Chagas, Ìyá Nitinha de Òṣun, nasceu no dia 12 de setembro de 1928, em Santo amaro de Ipitanga, na Bahia. Filha de Izidora com um espanhol foi criada por Maria da Natividade Pereira, mais conhecida como “Cotinha”, Ògúnjobì, filha de santo da Casa Branca, mais precisamente do terceiro barco de Ìyá Massi, … Continue reading »

Categories: Axexê, Candomblé, Ketu, Nações Africanas | Tags: , , , , | Leave a comment

O peso das palavras..

  “Amor é fogo que arde sem se ver;/É ferida que dói e não se sente;/É um contentamento descontente;/É dor que desatina sem doer”. “Ler significa reler e compreender, interpretar. Cada um lê com os olhos que tem. E interpreta a partir de onde os pés pisam.” Uma coisa fantástica de se conviver em comunidade … Continue reading »

Categories: Candomblé, Conhecimento ancestral, Sustentabilidade, Tradição Africana | Tags: , , , , , , , | Leave a comment

Erú, o escravo..

  Apesar do ranço histórico que essa palavra carrega o termo “escravo” é amplamente utilizado na cultura africana. As ewé érú (também chamadas ewé òfá) são conhecidas como folhas escrava ou substitutas. Nesse caso a conotação não é pejorativa, mas sim que essa folha está intimamente ligada a principal, são parentes. Durante a Asà Òsányìn … Continue reading »

Categories: Candomblé, Conhecimento ancestral, Ossayin, Sustentabilidade, Tradição Africana | Tags: , , , , , , , | Leave a comment